Caixa do Autor


Discuta o seu projeto

Sobre Nós

Somos o parceiro Microsoft Gold com presença nos Estados Unidos e na Índia. Somos um provedor de serviços de TI dinâmico e profissional que atende empresas e startups, ajudando-as a enfrentar os desafios da economia global. Oferecemos serviços na área de Consultoria e implementação de CRM, Desenvolvimento de aplicações, Desenvolvimento de aplicações mobile, Desenvolvimento Web e Desenvolvimento Offshore.

Integração do Azure DevOps Salesforce

Integração do Azure DevOps Salesforce - objetivos e práticas recomendadas

By Nitin Dangwal / 7 de outubro de 2020

3 de março de 2022
Integração do Azure DevOps Salesforce - objetivos e práticas recomendadas

Salesforce é um popular CRM (Customer Relationship Management) software que fornece uma variedade de benefícios para empresas, como campanhas de e-mail online e análise de dados inteligente. 

Azure é um serviço de nuvem fornecido pela Microsoft para empresas usarem com diferentes estruturas, ferramentas e aplicativos. É amplamente utilizado, com 95% das empresas Fortune 500 confiando nele. Um serviço oferecido pelo Azure é o DevOps, uma combinação do desenvolvimento e das operações do termo, que permite a entrega contínua de software. DevOps também é uma cultura específica em que todos os membros de uma equipe de desenvolvimento desempenham uma determinada função em cada parte do ciclo de desenvolvimento, permitindo uma melhor colaboração e ciclos de lançamento mais curtos, que levam a um maior valor para o cliente. 

Então, como essas duas soluções de software incríveis se conectam e por que devemos nos importar? 

Salesforce pode ser integrado com DevOps do Azure para enviar dados do CRM para o serviço em nuvem da Microsoft, levando a muitos benefícios, como maior produtividade e satisfação do usuário e do cliente. Por exemplo, a integração do Salesforce CRM com o Azure DevOps cria uma conexão entre o suporte e o desenvolvimento de software. Isso remove a lacuna entre os dois e torna os fluxos de trabalho mais fáceis e a resolução de problemas mais rápida. Neste artigo, daremos uma olhada em algumas metas que você pode definir para sua equipe ao integrar essas soluções poderosas, bem como algumas das melhores práticas a serem seguidas para garantir o melhor resultado possível.

Objetivos

Nos negócios, é essencial que você estabeleça metas, não apenas financeiras, mas para todos os aspectos do trabalho. As metas permitem que você acompanhe seu progresso real e também podem ajudar a manter as equipes motivadas conforme você as atinge. Antes de definir suas metas para a integração do Salesforce e do Azure DevOps, pense por que você deseja fazer essa integração em primeiro lugar. Sua equipe enfrenta muitos desafios com o Salesforce? A resolução de problemas de software é lenta e falta de comunicação? Certifique-se de ser capaz de quantificar esses problemas, então você está pronto para definir algumas metas para áreas de melhoria que gostaria de observar após a integração. Por exemplo, talvez após um mês de integração você tenha uma meta de diminuir o tempo de resposta de certos problemas. 

As metas também podem ser definidas para o próprio processo de integração. Isso pode incluir metas de tempo, como a rapidez com que você deseja que a integração seja feita. Um parceiro de suporte de software pode ajudá-lo com esses objetivos, bem como os mencionados anteriormente, pois eles ajudarão não apenas com a integração, mas também com suporte contínuo para garantir que o software funcione sem problemas. 

Melhores Práticas

Essas práticas recomendadas sugeridas a serem seguidas ao integrar o Salesforce e o Azure DevOps ajudarão a integração a ir bem, mas também a manterão funcionando bem. 

Trate a infraestrutura como código- isso significa criar uma versão, salvá-lo e revisá-lo. Tratar a infraestrutura como tal ajudará a reduzir o erro humano e simplificar a reprodução dos ambientes. 

Use ferramentas de gerenciamento de configuração- tirar proveito das ferramentas de configuração disponíveis pode ajudar a rastrear os estados do sistema e monitorar qualquer desvio do estado inicial desejado que os recursos do sistema possam levar ao longo do tempo. 

Monitoramento contínuo- ficar de olho em todas as mudanças e ações realizadas é importante não apenas para a integração do software, mas também para a manutenção e o sucesso a longo prazo. Isso pode ser feito usando metadados, telemetria e ferramentas analíticas de dados para garantir que os insights mais significativos sejam encontrados. Problemas que podem ocorrer mais tarde na linha podem ser evitados por meio de um monitoramento próximo e consistente. 

Se você tiver alguma dúvida, por favor Contacte-nos pois estamos mais que felizes em ajudá-lo com suas necessidades de CRM e software! Deixe-nos saber a sua opinião nos comentários abaixo! 

[sc name = "Salesforce Automation"]

Salesforce é um popular CRM (Customer Relationship Management) software que fornece uma variedade de benefícios para empresas, como campanhas de e-mail online e análise de dados inteligente. 

Azure é um serviço de nuvem fornecido pela Microsoft para empresas usarem com diferentes estruturas, ferramentas e aplicativos. É amplamente utilizado, com 95% das empresas Fortune 500 confiando nele. Um serviço oferecido pelo Azure é o DevOps, uma combinação do desenvolvimento e das operações do termo, que permite a entrega contínua de software. DevOps também é uma cultura específica em que todos os membros de uma equipe de desenvolvimento desempenham uma determinada função em cada parte do ciclo de desenvolvimento, permitindo uma melhor colaboração e ciclos de lançamento mais curtos, que levam a um maior valor para o cliente. 

Então, como essas duas soluções de software incríveis se conectam e por que devemos nos importar? 

Salesforce pode ser integrado com DevOps do Azure para enviar dados do CRM para o serviço em nuvem da Microsoft, levando a muitos benefícios, como maior produtividade e satisfação do usuário e do cliente. Por exemplo, a integração do Salesforce CRM com o Azure DevOps cria uma conexão entre o suporte e o desenvolvimento de software. Isso remove a lacuna entre os dois e torna os fluxos de trabalho mais fáceis e a resolução de problemas mais rápida. Neste artigo, daremos uma olhada em algumas metas que você pode definir para sua equipe ao integrar essas soluções poderosas, bem como algumas das melhores práticas a serem seguidas para garantir o melhor resultado possível.

Objetivos

Nos negócios, é essencial que você estabeleça metas, não apenas financeiras, mas para todos os aspectos do trabalho. As metas permitem que você acompanhe seu progresso real e também podem ajudar a manter as equipes motivadas conforme você as atinge. Antes de definir suas metas para a integração do Salesforce e do Azure DevOps, pense por que você deseja fazer essa integração em primeiro lugar. Sua equipe enfrenta muitos desafios com o Salesforce? A resolução de problemas de software é lenta e falta de comunicação? Certifique-se de ser capaz de quantificar esses problemas, então você está pronto para definir algumas metas para áreas de melhoria que gostaria de observar após a integração. Por exemplo, talvez após um mês de integração você tenha uma meta de diminuir o tempo de resposta de certos problemas. 

As metas também podem ser definidas para o próprio processo de integração. Isso pode incluir metas de tempo, como a rapidez com que você deseja que a integração seja feita. Um parceiro de suporte de software pode ajudá-lo com esses objetivos, bem como os mencionados anteriormente, pois eles ajudarão não apenas com a integração, mas também com suporte contínuo para garantir que o software funcione sem problemas. 

Melhores Práticas

Essas práticas recomendadas sugeridas a serem seguidas ao integrar o Salesforce e o Azure DevOps ajudarão a integração a ir bem, mas também a manterão funcionando bem. 

Trate a infraestrutura como código- isso significa criar uma versão, salvá-lo e revisá-lo. Tratar a infraestrutura como tal ajudará a reduzir o erro humano e simplificar a reprodução dos ambientes. 

Use ferramentas de gerenciamento de configuração- tirar proveito das ferramentas de configuração disponíveis pode ajudar a rastrear os estados do sistema e monitorar qualquer desvio do estado inicial desejado que os recursos do sistema possam levar ao longo do tempo. 

Monitoramento contínuo- ficar de olho em todas as mudanças e ações realizadas é importante não apenas para a integração do software, mas também para a manutenção e o sucesso a longo prazo. Isso pode ser feito usando metadados, telemetria e ferramentas analíticas de dados para garantir que os insights mais significativos sejam encontrados. Problemas que podem ocorrer mais tarde na linha podem ser evitados por meio de um monitoramento próximo e consistente. 

Se você tiver alguma dúvida, por favor Contacte-nos pois estamos mais que felizes em ajudá-lo com suas necessidades de CRM e software! Deixe-nos saber a sua opinião nos comentários abaixo! 

Serviços de consultoria de Salesforce

Se você é novo em automação e confuso sobre o Workflow ou o Process Builder. Não precisa se preocupar, nós temos tudo sob controle. Fale com nossos especialistas e limpe todos os pensamentos nebulosos sobre automação.

convidado
1 Comentário
Comentários em linha
Ver todos os comentários
Vaibhav
Vaibhav
Pode 6, 2021 7: 50 am

Sim, ambas as ferramentas são muito úteis e a integração entre elas aumentará a produtividade de toda a empresa. Também integramos outras ferramentas DevOps. Eu sugiro que outras empresas também façam isso,

1
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x